Princípios Psicológicos básicos – Um pouco sobre memória

cérebro

A memória pode ser definida como a persistência da aprendizagem com o passar do tempo, isso se faz através do armazenamento e recuperação de informações. Logo :

Informação → Decodificação da informação → Armazenamento da informação → Recuperação da informação.

Existem memórias de processamento automático, que não necessitam esforço para serem recuperadas, por tanto, não há esforço em lembra-las, são informações que dependem do tempo e frequência que levaram para serem aprendidas. Ex: ao dirigir para o emprego nos primeiros dias, recorda-se melhor dos estímulos, há um acompanhamento de raciocínio no caminho, depois de algumas semanas ou meses, o mesmo caminho já é feito de forma automática.

Já as memórias que precisam de esforço para serem recuperadas dependem de vários fatores, estímulos, tempo dedicado a memorização, importância. Necessita haver ensaio e repetição consciente. O efeito espaçamento mostra que o estudo a longo prazo armazena e recupera informações de forma superior a estudar de última hora. Nossa memória processa informações não só pela repetição, mas também pelas suas características significativas.

Importante: Material estudado quando se está com sono não será lembrado ! se caso esteja estudando e der sono, pare e vá descansar, caso contrário estará desperdiçando seu tempo.

As memorias de longo prazo são divididas em Explicita declarativa, que são conhecimentos gerais e eventos que foram experimentados pessoalmente; e Implícita não declarativa/sem recordação consciente, são elas, habilidades motoras e cognitivas (não é necessário se esforçar para lembrar como andar ou sentar) e os efeitos de condicionamento operante clássico.

Como recuperar informações:

  • Ativação (despertar das associações)
  • Efeitos contextos
  • Humor
  • A recuperação da memória depende do nosso estado, associamos bons e maus momentos dependendo do nosso humor.

Como esquecemos :

  • Falta de atenção aos detalhes, distração
  • Transitoriedade: é natural que algo que não seja usado constantemente seja esquecido
  • Bloqueio: interferência ao acesso da informação armazenada
  • Esquecimento motivado: autocensura de eventos dolorosos

Algumas técnicas mnemônicas podem ser utilizadas para melhorar nossa memorização, nesse link que separei a baixo demonstra algumas delas:

3 técnicas de memorização poderosas no estudo para Concurso

Formas de se melhorar a memória

  • Estudar repetidamente
  • Dedicar tempo para reflexão do material de interesse
  • Tornar o material significativo
  • Utilização de técnicas mnemônicas
  • Refrescar a memória através de pistas de recuperação
  • Relembrar eventos enquanto estão recentes
  • Minimizar interferências
  • Testar o conhecimento

MYERS, D. Psicologia. LTC. São Paulo.

O material de leitura foi disponibilizado pela professora Elaine Miranda em 2010.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s